feed facebook

Pesquisa







PARCEIROS




Certificação Energética de Edifícios

RE/MAX assina 18 novos contratos de franchising

A rede imobiliária RE/MAX assinou 18 novos contratos de franchising no primeiro semestre de 2010, mais quatro que no período homólogo de 2009. Com este resultado a RE/MAX tem já realizado 60% do objectivo de expansão previsto para 2010 que aponta para um total de 30 novos franchisados. Até final do ano a marca projecta a abertura de 25 novas lojas.

Nos primeiros seis meses do ano, a RE/MAX abriu um total de 10 novas agências em Olival de Basto, Portela de Sacavém, Olhão, Sintra, Tapada das Mercês, Mem Martins, Porto Covo, Barcelos, Fafe e Braga. Ainda em fase de abertura estão as lojas da marca em Arruda dos Vinhos, Coimbra, Cruz de Pau, Barreiro, Vila Real de Santo António, Lagos, Mirandela, Braga, Porto (Circunvalação) e Penafiel.

“A marca mantém um forte atractivo junto dos investidores e não temos sentido o impacto das dificuldades de crédito na abertura de novas lojas da rede”, refere Manuel Alvarez, presidente executivo da RE/MAX Portugal. “As perspectivas de expansão mantêm-se positivas e estamos bem posicionados para, até final do ano, cumprir a meta estabelecida de 30 contratos fechados.”

Em 2010 a marca pretende chegar ainda a localidades como Beja, Trofa, Bragança, Vila do Conde, Santa Maria da Feira e ampliar a sua presença na margem sul.

Mais de 80% das novas aberturas são investidores que entram pela primeira vez no sector imobiliário enquanto 20% são agências tradicionais que optaram por manter a actividade em associação com a marca RE/MAX.

A RE/MAX detém uma rede de 230 agências em funcionamento e cerca de 3.000 agentes associados. A abertura de uma loja RE/MAX envolve um investimento inicial de 75 mil Euros. A área mínima de loja é de 100m2 e a área padrão de 150m2.