feed facebook

Pesquisa






DOMOZO Portugal


PARCEIROS



Nuno Mendonça da NewCar

Como nasceu a New Car?

A Hispanor começou por representar em Portugal em 1980 a DINOL AB, empresa sueca lider mundial na fabricação de compostos anticorrosivos para veículos automóveis, comboios e aviões.
Com o tempo fomos introduzindo novos produtos e equipamentos destinados à reparação automóvel, alguns deles inéditos em Portugal, entre os quais sistemas e métodos de recondicionamento automóvel.
Ora para que uma garagem investisse verdadeiramente num sistema total de rejuvenescimento e recondicionamento automóvel eram necessários três factores fundamentais: um conjunto vasto de equipamentos e produtos específicos, muita formação e dedicação.
Além de nos termos apercebido da vasta procura de serviços deste tipo, quer por proprietários de automóveis, quer por frotistas e stands de veículos usados, também constatamos o desinteresse das oficinas tradicionais em dedicar-se maioritariamente a esta actividade.
Querendo explorar este nicho de mercado e tendo em vista a abertura de centros exclusivamente destinados ao recondicionamento automóvel integralmente fornecidos pela Hispanor, começamos, em 1996, a seleccionar produtos e sistemas que melhor se adaptassem às necessidades desse mercado, mantendo presente a realidade do comércio automóvel em Portugal do qual somos profundamente conhecedores.
No final de 1998 surgiu a NewCar: o conceito estava totalmente definido, a formação dos formadores terminada e o local para o centro piloto encontrado.


Porquê um nome estrangeiro para um conceito nacional?

Temos planos bem definidos para a internacionalização da NewCar tendo o registo da marca sido efectuado em diversos países. Tratamos de produzir uma denominação facilmante associável à ideia de "carro novo" em qualquer parte do mundo. Sendo o inglês o idioma internacional de referência vimos com naturalidade a adopção do nome NewCar.


Sucintamente, que tipo de serviços são prestados?

Todo os relacionados com recondicionamento e cosmética automóvel
nomeadamente

Reparação de pequenas amolgadelas sem repintura
Retoques de pintura sem necessidade de pintar toda a peça
Restauro, reparação e pintura de plásticos interiores (tabliers, tampos de portas, grelhas de ventilação ...) e exteriores (pára-choques, grelhas,apoios de faróis ...)
Reparação de pára-brisas partidos ou estalados
Substituição de pára-brisas
Reparação de estofos queimados ou cortados
Reparação e pintura de estofos em couro ou vinil
Impermeabilização de estofos
Pintura e restauro de jantes
Polimento da pintura
Eliminação de cheiros e recuperação do aroma de carro novo
Gravação de matrículas em vidros e faróis
Lavagem de estofos
Lavagem do motor
Bed-lining - protecção anti-choque e anti-deslizante do compartimento de carga de pick-ups e veículos comerciais

Porquê o franchising?

Desde o início que concebemos a NewCar sob um sistema de franchising.
O potencial é enorme - existem em Portugal cerca de 3 milhões de automóveis que todos os dias se desgastam - mas exige uma formação, dedicação e actualização permanentes, só possíveis com o acompanhamento constante do fornecedor. Além disso o franchising implica vantagens imediatas a todos os níveis para os proprietários dos centros franchisados, seja a nível de imagem corporativa e de contacto com o mercado, seja pela estabilidade dos seus negócios.
O franchising pode ser visto por alguns como uma moda. Da nossa parte acreditamos que é a forma mais coerente de estar no mercado posto que não existe, até vêr, outra fórmula onde se estabeleça uma relação tão estreita e justa com os clientes franchisados.


Como foi o início da implantação?

Em Janeiro de 1999 abrimos o centro piloto e no próprio dia da inauguração assinamos contrato com dois franchisados. Obviamente os contactos e a respectiva selecção já vinham de antes através da divulgação da NewCar em revistas dedicadas ao mundo automóvel e ao passa-palavra que entretanto se foi generalizando nesse sector.
Foram ainda enviados press-releases para revistas e jornais portugueses dedicados aos negócios em geral.
Temos que estar reconhecidos aos que acreditaram e divulgaram o nosso projecto já que essa exposição deu-nos uma enorme abertura. A partir daí preocupamo-nos mais em gerir duma forma equilibrada o crescimento da rede do que em angariar dezenas e dezenas de
potenciais candidatos a franchisados.


Como tem crescido a rede (número de unidades franchisadas e onde se localizam)?

Neste momento existem 11 centros NewCar em funcionamento - 10 unidades franchisadas em Braga, Cacém, Évora, Marco de Canaveses, Pombal, Santarém, Seixal, Torres Vedras, Viana do Castelo e Vila do Conde e uma própria em Viseu.


Que características são exigidas a um franchisado?

Existem dois tipos diferentes de candidatos a franchisados: os que já tendo uma oficina ou garagem de automóveis, pretendem modernizá-la abraçando um projecto totalmente novo, e os que desejando iniciar uma nova actividade concluem que a NewCar é um bom negócio.
Dum modo geral é necessário ter um local com pelo menos 200 m2 sem
restrições para se efectuar reparações em automóveis, espírito de iniciativa, capacidade de gestão, ambição e orgulho em possuir um negócio próprio. Dum modo particular é também preciso, embora não seja fundamental, um pouco de "carinho" por automóveis e por tudo o que lhes diz respeito.
Temos especial atenção no seguinte: não seleccionamos qualquer candidato que, embora interessado na NewCar e cumprindo todos os requisitos de selecção, tenha a menor dúvida de estar a realizar um óptimo negócio.




Que tipo de formação presta a New Car aos membros da rede (local onde é ministrada, duração)?

A formação dos franchisados decorre durante 22 dias. Dezanove dias são dedicados aos fundamentos técnicos e à prática das reparações, dois dias à formação em atendimento e marketing e um dia à gestão corrente do negócio.
A parte prática desta formação é ministrada no nosso centro piloto em Viseu e a teórica em Lisboa.

Que apoios são dados aos membros da rede (durante e depois da abertura de cada unidade)?

Neste particular o apoio dado ao franchisado é total.
O lay-out do centro e a respectiva montagem (exceptuando a obra civil e pintura) são realizados pela Hispanor.
Durante os primeiros quatro dias após a abertura permanecerá no centro um técnico da Hispanor para dinamização do arranque. Uma semana mais tarde o mesmo técnico voltará ao centro onde se quedará por mais três dias para esclarecimento de dúvidas.
A partir de aí é efectuada uma visita mensal de acompanhamento.
No entanto o franchisado é constantemente informado acerca de inciativas técnico-comerciais levadas a cabo quer pelo franchisador quer por outros franchisados.
Periodicamente são pubicitados os serviços NewCar em publicações nacionais dirigidas ao consumidor final.
Leva-se também a efeito um Congresso anual com o intuito de efectuar um balanço do passado e presente da NewCar e discutir estratégias futuras.


Quais as perspectivas de desenvolvimento (número total de unidades para cobertura do território nacional, zonas prioritárias de expansão, possibilidade de internacionalização).

O território nacional ficará amplamente coberto com 45 centros NewCar. Neste momento as zonas prioritárias para a expansão da rede são Grande Lisboa, Grande Porto, Aveiro, Coimbra, S. João da Madeira, Figueira da Foz, Faro e Portimão sem descurar outros locais onde ainda não exista implantação da NewCar.
A internacionalização não é uma prioridade imediata embora existam conversações para a concessão do masterfranchise para Espanha e Brasil.


Qual área de loja necessária para implantação de uma New Car?

O mínimo necessário são 200 m2 embora este espaço limite um esperado crescimento da actividade. O ideal será 250-300 m2.


Qual o investimento inicial necessário (uma vez que não cobram royalties nem direito de entrada)?

O investimento inicial (excluindo as obras de adaptação do local) é de Esc 7.900.000 + IVA. Neste valor estão incluídos todos os equipamentos, produtos e a formação necessários à laboração do centro, incluindo sinaléctica interior e exterior.


Num breve balanço, como tem decorrido a experiência?

Francamente positiva. Franchisar a NewCar foi visto como uma expansão natural do negócio da Hispanor. Introduzimo-nos num nicho de mercado praticamente inexplorado, criando uma rede de clientes franchisados fidelizados à marca. Consideramos que foi também uma lufada de ar fresco ao fim de quase 20 anos no sector automóvel: é com evidente orgulho que olhamos para o êxito de um projecto criado e desenvolvido a partir do nada.
A maior dificuldade foi montar a estrutura adequada dentro da Hispanor.
Estávamos já habituados à compra e venda de produtos inéditos em Portugal, sempre com um sólido apoio no pós-venda, o que nos distinguia e continua a distinguir da concorrência. Só que franchisar é muito mais do que isso. O cliente passa a fazer parte da família e a interdependência é muito mais forte. Houve que alterar filosofias e modos de actuação.


O que distingue a NewCar da concorrência?

O facto de, como acima si disse, a NewCar ser um franchising português, desenvolvido a partir da experiência da Hispanor no sector automóvel e ajustado à realidade do nosso mercado. Não é um conceito importado, gerador de possíveis incompatibilidades técnicas e distorsões comerciais.
Distingue-nos também o profundo saber-fazer da prática de todas as reparações e a facilidade com que podemos transmiti-lo aos nossos franchisados.
Distingue-nos ainda a relação estreita e contínua que mantemos com todos os franchisados e respectivos colaboradores.